Um apanhado sobre Yu-Gi-Oh! 5D’s – 1ª Parte

Yo! Olha eu aqui de novo!

Hoje resolvi sair um pouco da rotina e escrever um pouco sobre o anime que acabou há pouco tempo, dando lugar a Yu-Gi-Oh! Zexal.

 

O anime trata muito do preconceito para com os residentes de Satellite, a parte pobre de Neo Domino City, nas duas primeiras etapas (Fortune Cup e Dark Signers), principalmente pelos residentes que cometeram infrações serem marcados com uma espécie de laser que não pode ser retirada, sendo assim estigmatizados e excluidos da sociedade. A Security existe para manter o controle sobre esses “marginais”, apesar de nem todos marcados serem maus, como Rally Dawson e Yusei Fudo.

Falando em Yusei, o protagonista da história, no começo, era muito fechado, dizendo pouquíssimas palavras, até mesmo entre seus amigos. Ele deve isso à traição de Jack Atlas, um dos seus melhores amigos, que fugiu de Satellite com seu primeiro D-Wheel e seu Stardsut Dragon.

A traição de Jack é um dos principais assuntos tratados nessa primeira fase. A ânsia de Jack por poder o levou a trair seus amigos, numa atitude antiética e egoista. Era assim que Jack era no começo.

Voltando ao Yusei, ele sente a ânsia de ajudar uma pessoa especial, a temida “Bruxa da Rosa Negra”, Aki Izayoi, depois de duelar com ela na Fortune Cup, e perceber que ela precisava de ajuda, e que o Movimento Arcadia não era tudo isso que estava escrito nos livros.

Aki é uma pessoa que sofreu muito preconceito por ter poderes psíquicos, que fazem os monstros se materealizarem e causarem dano real nos oponentes. Inclusive seu pai ficou assustado quando descobriu, e acabou, mesmo sem querer, chamando-a de monstro, o que foi um choque muito forte no seu interior.

Foi aí que ela descobriu o Movimento Arcadia, uma espécie de oásis no meio do deserto do preconceito. Lá, todos tem poderes iguais aos dela, e por isso, não há preconceito. Em troca, o idealizador do Movimento, Divine, tem planos obscuros por trás disso: Ele planeja criar um exército de duelistas psíquicos para que ninguém se oponha a ele e ele possa se vingar da sociedade.

Os gêmeos Lua e Luca não tem muito destaque nessa primeira fase, apenas Luca, que descobre que é uma Signatária, apesar de não ter um Dragão Signatário como os outros. Também vale ressaltar que Luca pode ir mentalmente ao mundos dos Espíritos, e há uma pequena saga que envolve a recuperação de Ancient Fairy Dragon.

Lua, sempre um garoto animado, imagina que será Signatário um dia, e acredita que seu dragão é Power Tool Dragon, embora o mesmo seja do tipo Machine, o que causa um certo humor nos episódios, inclusive quando Aki menciona o fato.

De uma forma geral, na primeira fase, os personagens ainda são muito imaturos, com Yusei sendo fechado e não confiando nas pessoas, Jack sendo uma pessoa arrogante que gosta de brincar de “Rei”, Aki sendo uma pessoa perturbada e precisando de ajuda, e os gêmeos, ainda por serem crianças, são naturalmente imaturos, mas até mesmo eles vão amadurecendo com o passar do tempo.

A sociedade, de certa forma, também amadurece, passando a perceber que um estigma no rosto não significa absolutamente nada, além de um autoritarismo exagerado.

 

É isso aí pessoal, amanhã tem a segunda parte, até mais!

Sobre Hyokketsu

Decks Fodasticos: Geargia Karakuri, Hieratic Rank 6 OTK, Hieratic Rank 8 Control, Photon Control, Macro Ra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s